Conto: O Olho Esmeralda

Salve, meus amigos! A algum tempo teve uma brincadeira no grupo do Thordezilhas no facebook sobre introduzir o Lanterna Verde em nosso mundo piratesco. Claro que era brincadeira, mas o assunto rendeu tanto que o escritor Igor Tancredo nos brindou com um pequeno conto sobre o assunto. Confira.

O Olho Esmeralda

Por Igor Tancredo 

Reúnam-se! É chegada a hora de mais uma história de Gilbert do Mar! Hoje falaremos sobre ganância, poder e estupidez! Tesouros perdidos para sempre, no fundo do Tenebroso! Uma história de traição, onde aqueles que a presenciaram, não estão mais entre nós! Ouçam a lenda do fantástico Olho Esmeralda! 

Muitos anos atrás, quando o mundo ainda era jovem, uma falha na criação gerou um poder inimaginável. Um poder que não vinha dos deuses, mas sim, do próprio tenebroso! Infelizmente, não posso relatar, com exatidão, todo a jornada deste item maravilhoso, mas posso contar sobre como ele se perdeu. 

Vários navios já navegaram sobre o tenebroso, piratas lendários, embarcações magníficas, mas nenhuma foi tão exótica quanto o Tigre de Jade. Um navio que não era feito de madeira, não precisava de uma tripulação, ele se movia pela energia do Olho Esmeralda. Um anel poderoso, que nas mãos de pessoas ambiciosas, eram um canal para grandes feitos! Seu ápice, foi nas mãos do lendário capitão John Stewart, O Ébano. Através de sua força de vontade, o Tigre de Jade navegou, realizando saques e conquistando povoados. Balas de canhões infinitas, velas que não se partiam e mastros que nunca foram quebrados.

A embarcação era imbatível, nenhum navio resistia a um confronto direto. Aqueles que tiveram a ousadia de enfrentar o Ébano e seu navio maravilhoso, estão agora no fundo do mar, mas como um navio como esse não resistiu ao tempo? Qual o fim do Capitão John Steward? Bom, nem mesmo um navio indestrutível, pode resistir ao maior pecado que alguns carregam em seu coração, a traição. Numa noite, após saquearem diversas embarcações castelhanas. John Steward e seus homens de confiança, bebiam e comiam, comemorando o grande tesouro recém conquistado! 

Ah… o álcool. Ele desperta verdades nos corações das pessoas. Despertam os desejos mais reprimidos e foi assim que John Stewart e o Tigre de Jade, encontraram seu destino final! Enquanto o capitão dormia, conspiradores conversavam nos cantos da embarcação. Sussurros de traição e morte, de poder e riquezas, sussurros sombrios de pessoas malignas. Repousando em sua cama, o Ébano não chegou a ouvir os passos furtivos, nem o som da lâmina deixando a bainha, apenas viu, no último segundo, a lâmina encontrando seu peito e em seus últimos momentos, lançou sob os traidores, uma terrível maldição! 

“Que seus corpos sejam engolidos pela tenebroso e que suas almas queimem para sempre no inferno!”

Assim, a vida deixou o corpo de John Stewart, o Ébano. Os conspiradores riram e beberam de felicidade, pela morte do capitão e do tesouro roubado, mas o Olho Esmeralda era alimentado pela força de vontade do Capitão! Apenas ele poderia controlar aquele poder. Quando os traidores fizeram seu último brinde, a embarcação começou a se desfazer! Desesperados e sem saber para onde correr, aceitaram seu destino e ao longe, puderam  ouvir a risada do Capitão John Stewart, vendo sua praga fazer efeito.

Dizem que os conspiradores afundaram rapidamente, mas não morreram afogados. Eles desceram e desceram, até o fundo mais escuro do tenebroso e lá, encontraram um horror pior do que a própria morte, um horror que não ouso falar seu nome e muito menos entrarei em detalhes sobre ele. Quanto ao Olho Esmeralda, ele ainda está no dedo do Capitão, perdido, para sempre, nas profundezas do Tenebroso!

Por Igor Tancredo 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: